WILSON CANO

Nome: WILSON CANO

 

FORMAÇÃO

  • Economista - PUCSP - 1962.

  • Doutor (1975), Livre-Docente (1981), Prof. Adjunto (1984), Prof. Titular (1986) pela UNICAMP.

  • Nascimento: São Paulo, 11/12/1937

 

 

CARGOS EXERCIDOS

 

  • Economista da CEPAL-BNDE (1966-68)

  • Professor de Elaboração e Avaliação de Projetos dos cursos da CEPAL e do ILPES para o Brasil e exterior (1965-1975)

  • Chefe Departamento de Economia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - UNICAMP (1975-1976).

  • Diretor do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas,   (1976-1980)..

  • Diretor do Centro de Desenvolvimento Econômico - Instituto de Economia, UNICAMP (1991-1994)(2001-2005)

  • Prof. Titular do Instituto de Economia da Unicamp.(1968...).Participei ativamente, com meus colegas fundadores na formulação  e estruturação dos cursos de graduação (1968- 1970), nos de pós graduação (1970-1975) e na formulação e no planejamento da pesquisa coletiva (ao longo das décadas de 1970 a 2.000). 

 

CURSOS MINISTRADOS: graduação: Introdução a Economia, Formação Econômica do Brasil, Economia Brasileira, Desenvolvimento Econômico; pós graduação: Formação Econômica do Brasil; Economia Brasileira; Política e Planejamento; Economia do Setor Público; e Desenvolvimento Econômico.

Outros Cursos: cerca de 50 cursos de breve duração, sobre várias disciplinas de economia, ministrados em instituições públicas e privadas no Brasil e no exterior

 

CONFERÊNCIAS,  SEMINÁRIOS e  PESQUISAS REALIZADAS –no  exterior:27 (

Argentina, Bolívia, Chile, Cuba, México,  França, Itália, Espanha e Rússia); no Brasil: 449.

 

PRINCIPAIS TRABALHOS PUBLICADOS

 

-Livros 14   (sendo 2 no exterior)

 

- ARTIGOS

Artigos publicados sobre o subdesenvolvimento econômico brasileiro e latinoamericano, e  sobre os temas regional,  urbano  e industrial. (dos quais 18 no exterior: Argentina, Bolívia, Chile, Cuba, Espanha, Estados Unidos, França, México, Portugal e Rússia): 142

  

 

-Outros

resenhas, prefácios e apresentações de livros; artigos e  entrevistas a jornais; e. pareceres acadêmicos: (241)

-Entrevistas a Rádios e TV: 62

-Trabalhos não publicados: 47

ORIENTAÇÃO DE TESES

Dissertações de Mestrado e Teses de Doutorado defendidas: 54

 

DIGNIDADES ACADÊMICAS

  • "Raízes da Concentração Industrial em São Paulo". DIFEL/Difusão Editorial SA, São Paulo, 1977.  Prêmio Visconde de Cairu, 1977 - Instituto Roberto Simonsen.

  • Tese (orientação) de Mestrado: Fernanda F. Carvalho, "Da esperança à crise: a experiência das políticas regionais no Nordeste"; terceiro lugar V Prêmio BNB de Economia Regional, 7/2001.

  • Livro Desequilíbrios Regionais e Concentração Industrial no Brasil, menção especial II Prêmio Brasileiro "Política e Planejamento Urbano e Regional", ANPUR, 5/2001.

  • Menção honrosa concedida pela ANPUR, em 2003, para a Tese Doutoral de Aurílio Caiado, por mim orientada.

  • Prêmio Jabuti  2007 -Enciclopédia Contemporânea da América Latina e do Caribe, Sader, Emir e Jinkings, Ivana (Organizadores); Boitempo Editorial.(participei c/ o texto sobre Economia Latinoamericana)

  • Prêmio Jabuti 2007 Alguns temas relevantes sobre América Latina e Brasil tratados por Celso Furtado, in Sabóia, João e Carvalho, Fernando J. Cardim de (Organizadores), Celso Furtado e o Século XXI, Editora Manole.

  • Prêmio Pesquisador Emérito CNPq 2008.

  • Prêmio Brasil de Economia 2009, concedido pelo COFECON – Conselho Federal de Economia, pelo livro Desconcentração Produtiva Regional, editado em 2008 pela UNESP

  • Premio Brasil de Economia 2011, concedido à Tese Doutoral de Valdeci M. Santos; iA economia da região Sudeste do Pará, por mim orientada..

  • Patrono da Turma 2012 (1o. semestre) Curso Economia, no Instituto de
    Economia, Unicamp

  • Prêmio Capes 2012, conferido como Orientador da melhor Tese Doutoral em Economia, (.Mariana Fix  : Financeirização e Transformações recentes no circuito imobiliário no Brasil, Unicamp, Instituo de Economia, 2011

  • Prêmio Celso Furtado de Desenvolvimento Regional Edição 2014 –Minter-; Menção honrosa à TD – Guerra Fiscal no Brasil e alterações das estruturas produtivas estaduais desde os anos 90,  de minha orientada Soraia A. Cardoso.

  • Personalidade Economista do ano 2013. COFECON, Brasília setembro/2014

Criado em 23 de julho de 2019 por Wilson Cano